terça-feira, 2 de março de 2010

Visto 457

Finalmente saiu o nosso visto!!! Agora já estamos na reta final dos preparativos.

Não sei se quero ir logo ou se quero ficar mais um pouco... Guenta coração!

Existem vários tipos de visto para ir para a Austrália, mas vou falar um pouco do tipo de visto que nós conseguimos, conhecido como visto 457.

O visto de trabalho 457 precisa ser oferecido por uma empresa e a partir da oferta inicia-se todo um processo, que pode levar de três semanas a dois meses para obtenção do visto.

Como o maridão vai trabalhar na mesma empresa em que trabalha hoje na Alemanha, mudando somente de país, a empresa se encarregou de fazer o pedido e todos os trâmites necessários, contratando um agente de imigração. Nós só precisamos preencher um formulário, ter seguro de saúde de viagem e enviar currículos e documentos traduzidos para a empresa encarregada de fazer o requerimento.

Houve um certo atraso no processamento do visto, pois fomos informados de que o departamento de imigração estava atolado de trabalho. Depois que demos entrada, o nosso visto saiu em quatro semanas, sendo que a nossa agente havia nos informado de que sairia em duas semanas. Ou seja, teve um pequeno atraso, mas foi tudo relativamente rápido. Talvez essa seja uma das vantagens em contratar um agente de imigração, embora seja, sem dúvida, bem mais caro do que fazer o processo todo sozinho.

O visto de trabalho 457 lhe dá praticamente todas as regalias de um visto de residência, exceto Medicare (plano de saúde público da Austrália), por isso temos que ter um seguro de saúde privado. Ele também é válido por quatro anos (no nosso caso) e pode ser renovado por mais quatro anos, creio que esse é o período máximo para esse tipo de visto.

A única desvantagem do visto de residência temporária é que se a empresa te mandar embora, a pessoa tem apenas 28 dias para arrumar outro emprego em uma empresa habilitada a ser seu “sponsor” ou então tem que deixar a Austrália.

O perfil do funcionário que consegue o 457 é de alguém extremamente capacitado em uma área em que é difícil de se conseguir profissionais na Austrália. Então a empresa tem que comprovar a real necessidade de ter que contratar alguém de fora da Austrália.

Com esse visto, eu também poderei trabalhar ou estudar. Como fiz Direito no Brasil e mestrado também em Direito na Alemanha, estou ansiosa para saber como o mercado australiano irá me receber, pois Direito é sempre uma área complicada, já que cada país possui suas próprias leis e elas podem ser, muitas vezes, bem diferentes, de acordo com cada país.

Pretendo escrever um post sobre a minha área na Austrália e as possibilidades existentes, pois depois de pesquisar bastante, percebi que quase não há informação disponível a respeito. Mas isso vai ficar mais para frente!

11 comentários:

  1. Oi Fernanda, mais um pouquinho e vocês estarão aqui. Quanto a demora no visto, fui avisada disto no começo do ano, pois estou trazendo dois funcionários para trabalhar aqui, e está sendo uma saga. O departamento não está dando conta mesmo. Aproveite bem os dias ai... Você vai pegar uma época bem mais gostosa, longe daquele verão grudento que tivemos, a temperatura está cada dia mais amena e os dias mais ensolarados. O que é lindo. Bjocas.

    ResponderExcluir
  2. Oi Edelize!
    Bom saber que nao fomos enganados quanto à informacao do visto. O negócio está complicado mesmo entao.
    Nao vejo a hora de sair desse frio daqui, melhor ainda é saber que a temperatura daí vai estar agradável.
    Beijao!

    ResponderExcluir
  3. Dennis Humberto Tinelli4 de março de 2010 02:42

    Eita friozinho na barriga rsrsrs... tá chegando, hein? Tudo pronto aí? E a festa de despedida, quando será? Quero ver as fotos, tá? Beijão!

    ResponderExcluir
  4. A festinha será dia 20! Essa é a parte boa!
    Depois vou colocar as fotos sim!
    No mais, correndo para colocar tudo em ordem!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda. Tudo bem?

    Eu estou em busca de um agente confiável. Já estou com o sponsor da empresa. Vou aplicar pro visto, mas eu queria uma indicação de agente. Sei que o post é bem antigo, mas adoraria saber se ainda tem o contato do agente que vc usou.

    Se puder encaminhar alguma coisa no meu email, ficaria mto grato (ricardobcs@gmail.com)

    Obrigado,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  6. Estou tirando esse mesmo visto e preciso de um seguro saúde, confesso que estou meio perdido, que empresa vocês contrataram?

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho seguro com a empresa Medibank Private.

    ResponderExcluir
  8. Ola Fernanda,

    Estava procurando informacoes sobre residente permanente na Australia e encontrei seu blog e logo me identifiquei pois tambem morei na Alemanha antes de vir para Australia. A proposito, em qual cidade vc mora aqui?

    Kel

    ResponderExcluir
  9. Ola Fernanda,
    Me chamo Ana Luiza, tenho 36 anos e moro em Siena, na Italia ha 3 anos. Meu marido recebeu uma proposta de emprego em Melbourne e estamos no processo do visto 457.
    Gostaria de saber qual empresa vc utilizou para fazer sua mudanca? Vc utilizou container de 6 ou de 12?
    Com relacao ao seguro saude vc disse que o seu eh Medibank private. Qual plano? Faco essa pergunta pois tenho duas filhas, de 8 e 12 anos e fico preocupada com elas... Aqui na Italia o seguro saude do governo eh muito bom alem de ser gratuito.
    Estou um pouco preocupada com o custo de vida na Australia... Pelo que estou vendo tudo parece custar muito mais do que na Italia...
    De qualquer maneira gostaria de agradecer antecipadamente a sua ajuda.
    Tudo de bom,
    Ana Luiza
    analumaiorino@uol.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, amigos!

    Site maravilhoso! Serei assíduo! Parabéns!

    Apenas uma dúvida: minha esposa (25 anos) é professora de inglês e está indo fazer um curso preparatório pro IELTS. Eu (31 anos) farei o general english. Nossa idéia é que ela obtenha o certificado e faça um college pra uma das profissões em demanda na Austrália e em Perth, pra onde iremos. Eu seria dependente dela que, após concluir o curso, buscaria trabalho em sua área e posteriormente um sponsor. A pergunta é: após fazer um curso superior de 2 anos ou mais de duração, ela terá direito a ficar e trabalhar no país por igual período, como ocorre no Canadá?

    Você falou, no excelente texto dessa página, que um visto 457 sponsor pede de 3 a 5 anos de experiência na área profissional. Isso quer dizer que ela terá - obrigatoriamente - que trabalhar por todo esse tempo na sua área profissional até ter direito ao pleito do visto? Por que se for somente dessa maneira ela teria de fazer uma pós-graduação ou algo do tipo pra poder permanecer legalmente no país para continuar trabalhando e poder atingir essa carga temporal de trabalho até se tornar eletiva pro visto de sponsor.

    Muitíssimo obrigado pela atenção que com certeza me darão.

    Aguardo resposta.

    Abraço! 

    ResponderExcluir